Sete dias por semana sem medo da notícia!
Região Metropolitana de Fortaleza apresenta taxa alarmante de assassinatos
A constante guerra entre facções tem causado uma onda de mortes violentas na RMF
Profissionais da Perícia Forense têm recolheram dezenas de corpos na RMF em fevereiro
Ouça a matéria

A Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) passa por uma onda de violência extrema. Somente em 29 dias de fevereiro, 150 pessoas foram assassinadas em 16 Municípios do cinturão metropolitano, sem contar outros 143 casos somente na Capital, o que totaliza 293 mortos. Somente no Município de Caucaia, foram registrados 48 crimes de morte no período.

Em Maracanaú ocorreram 26 assassinatos, conforme revelam as estatísticas dos Crimes Violentos, Letais e Intencionais (CVLIs), divulgadas nesta sexta-feira (6) pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPD).

Em quarto lugar no ranking da violência armada ma RMF em fevereiro, aparece o município de Maranguape, com 13 pessoas assassinadas. Em seguida, estão os seguintes Municípios: Pacajus (10 assassinatos), Pacatuba (10), Aquiraz (8), Itaitinga (7), Horizonte (5), Trairi (5), São Gonçalo do Amarante (4), Cascavel (4), São Luís do Curu (3), Guaiúba (3), Paraipaba (2), Paracuru (1) e Chorozinho (1).

Áreas violentas

No mês de fevereiro, a Área Integrada de Segurança Nove (AIS-9), foi a que apresentou o maior número de CVLIs em Fortaleza, com 27 assassinatos nas ruas dos seguintes bairros: Conjunto Esperança, Canindezinho, Vila Manuel Sátiro, Presidente Vargas, Parque São José, Maraponga, Jardim Cearense, Parque Santa Rosa, Mondubim, Planalto Ayrton Senna e Conjunto José Walter.

Em seguida, aparece a AIS-3, com 23 homicídios no perímetro que compreende os seguintes bairros: Mesejana, Ancuri, Pedras, Barroso, Jangurussu, Conjunto Palmeiras, Curió, Lagoa Redonda, Guajeru, São Bento, Paupina, Parque Santa Maria e Coaçu.

Já na Região Metropolitana de Fortaleza, a Área Integrada de Segurança Onde (AIS-11), foi a aquela com maior índice de assassinato. Foram registrados 63 crimes de morte na área que compreende os Municípios de Caucaia, Paracuru, Paraipaba, São Luís do Curu, São Gonçalo do Amarante e Trairi.

No Interior do estado, a Área Integrada de Segurança 19 (AIS-19), que abrange a região do Cariri, foi a recordista em crimes de morte no mês de fevereiro último, com, nada menos, que 52 assassinatos no perímetro territorial onde estão inseridos os seguintes Municípios: Crato, Farias Brito, Altaneira, Nova Olinda, Santana do Cariri, Juazeiro do Norte, Caririaçu,  Barbalha, Jardim, Campos Sales, Salitre, Araripe, Potengi, Assaré, Antonina do Norte, Brejo Santo, Aurora, Barro, Mauriti, Milagres, Missão Velha, Abaiara, Porteiras, Jati e Penaforte.

A segunda zona do Interior  mais violenta em fevereiro foi a AIS-18, com 22 homicídios na região do Vale do Jaguaribe, que abrange os seguintes Municípios: Aracati, Beberibe, Fortim, Icapuí, Itaiçaba, Russas, Palhano, Jaguaruana, Jaguaribe, Potiretama, Ererê, Iracema, Pereiro, Nova Jaguaribara, Limoeiro do Norte, Alto Santo, Quixeré, São João do Jaguaribe  e Tabuleiro do Norte.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também