Sete dias por semana sem medo da notícia!
Presidente do STJ nega liminarmente mandado que garantia retorno de Bruno Figueiredo
Bruno Figueiredo faz balanço de sua gestão à frente da Prefeitura de Pacajus
Ouça a matéria

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, negou liminarmente um mandado de segurança que garantia o retorno de Bruno Figueiredo à prefeitura de Pacajus. Bruno é vice do, até então afastado, Flanky Chaves, que voltou ao cargo após decisão do ministro cearense Napoleão Nunes Maia. Bruno irá recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), onde existe decisão contrária à posse.

Agora, Flanky tem carta branca para honrar seu compromisso com fações criminosas de nomear indicados do grupo para o secretaria no município.

Confira

Em tempo

Flanky Chaves foi afastado em setembro de 2017, por decisão judicial, e teve o mandato de prefeito cassado pela Câmara Municipal de Pacajus em 12 de julho de 2018. Ele é acusado pelo Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) de improbidade administrativa, por prejuízo superior a R$ 2 milhões em contratos e aditivos do município.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também