Sete dias por semana sem medo da notícia!
Presidente da Assembleia José Sarto faz balanço sobre o semestre legislativo
José Sarto

Com a aproximação do recesso parlamentar, que se inicia no próximo dia 17, o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, José Sarto (PDT), faz balanço positivo das atividades da Casa neste primeiro semestre de 2019 e enaltece a atuação dos deputados. Desde 1º de fevereiro, com o início da atual legislatura, os parlamentares apresentaram 692 projetos de lei.

A Assembleia registrou 201 sessões em plenário, entre ordinárias, extraordinárias e solenes. Os deputados realizaram, ao todo, 653 pronunciamentos. Foram apresentados 6.437 requerimentos. Foram aprovadas 61 proposições do Poder Executivo, duas do Poder Judiciário e uma do Tribunal de Contas do Estado. Mais de 50 audiências públicas, instrumentos importantes de participação popular, ocorreram no período.

O presidente Sarto deliberou, neste semestre, pela criação de três frentes parlamentares: Defesa da Implantação do Projeto Piloto de Segurança em Maracanaú; Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Ceará; Defesa da Saúde Mental e Combate à Depressão e ao Suicídio.

O presidente criou ainda três comissões especiais para acompanhamento da situação de crise de financiamento das políticas públicas na área do trabalho executadas pelo Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (IDT); de acompanhamento das obras de transposição do rio São Francisco; de desenvolvimento das regiões de planejamento do Estado do Ceará.

Desde que assumiu a presidência do Legislativo cearense, José Sarto vem conduzindo as atividades da Casa pautado pela isenção e respeito à pluralidade de ideias, oportunizando amplo debate. Exemplo disso foi a tramitação de projetos polêmicos, que foram levados ao conhecimento popular de diferentes maneiras, incluindo audiências públicas e consultas populares pelo site da Casa.

Um dos destaques neste primeiro semestre foi o protagonismo do Parlamento cearense na formação de uma frente em defesa do Nordeste, composta por presidentes de Assembleias Legislativas dos nove estados da região, o Parlanordeste. José Sarto esteve presente nos encontros do Parlanordeste desde a concepção e, no mês de março, foi eleito secretário-geral do colegiado, durante evento realizado em São Luís (MA). Em junho, os gestores se reuniram em Salvador (BA).

Criado com a finalidade de sensibilizar o Governo Federal para as pautas de interesse regional, o Parlanordeste defende a manutenção do Banco do Nordeste do Brasil (BNB); a oposição à privatização da Chesf; a criação de um programa emergencial de revitalização do rio São Francisco. No âmbito da reforma da Previdência, os representantes são contrários à retirada do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e contra a desconstitucionalização da Previdência.

Temas de ampla repercussão nacional, com efeitos sobre a população cearense, também foram pautados nos múltiplos espaços da Assembleia Legislativa. A reforma da Previdência e os cortes no orçamento de instituições federais de ensino superior foram discutidos em audiências públicas, com a presença inclusive de representantes da bancada federal cearense, assim como de gestores das instituições, órgãos, e outros convidados.

Além da produção legislativa, o presidente da Assembleia ressalta o movimento Ideia Certa, que foi lançado em maio e já promoveu campanhas de conscientização sobre segurança no trânsito (maio), doação de sangue (junho) e meio ambiente (junho).

PARA SABER MAIS

Ao Pé da Letra

  • Em junho, foi assinado termo de cooperação técnica com a Seduc para a criação de um programa que promoverá competição de soletrar, a ser transmitido na TV Assembleia.
  • O programa estreará no segundo semestre com 16 alunos finalistas, mas a fase eliminatória já foi iniciada em todo o Estado com alunos do 1° ano do ensino médio.
  • Os vencedores receberão premiações como computadores e tabletes e também um intercâmbio internacional.

Pautas regionais

O legislativo cearense assumiu protagonismo no Parlanordeste, propondo debates e encabeçando pautas:

  • Manutenção do Banco do Nordeste do Brasil (BNB);
  • Contra a privatização da Chesf;
  • Criação de um programa emergencial de revitalização do rio São Francisco.

Pautas nacionais

  • A Reforma da Previdência foi amplamente discutida nesta Casa sob diversos prismas técnicos e ideológicos.
  • Debate sobre os cortes no ensino superior que reuniu lideranças políticas.

Comissões especiais

  • Comissão Especial de Reforma e Atualização do Regimento Interno. Sem modernização há 29 anos, a expectativa é que o novo texto seja finalizado até o fim de 2019.
  • Acompanhamento da situação de crise de financiamento das políticas públicas na área do trabalho executadas pelo Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (IDT);
  • Acompanhamento das obras de transposição do rio São Francisco;
    Após visitas às obras da transposição em Penaforte e Missão Velha, elaborou relatório a ser enviado a Brasília para reforçar a importância da obra para o nosso Estado.
  • Desenvolvimento das regiões de planejamento do Estado do Ceará.

Comitê de prevenção aos homicídios na adolescência

A renovação do Comitê foi um dos primeiros atos administrativos da Mesa, reconhecendo a importância da temática e a qualidade do trabalho desempenhado pela equipe, que agora está engajada em seis eixos de atuação: 1) Mobilização; 2) Monitoramento das recomendações e políticas públicas; 3) Produção de conhecimento; 4) Comunicação; 5) Formação e 6) Interiorização.

Conselho de Altos Estudos

Projeto Alcance, que prepara estudantes egressos de escola pública para o Enem, inovou com o lançamento da plataforma digital do projeto, que disponibiliza videoaulas, apostilas, simulados e bancos de questões permite intensificar a rotina de dedicação.

Inesp

Entre várias ações, destaco:

  • Criação do Boletim do Observatório do Desenvolvimento do Ceará.
  • Preparação para participação da XIII Bienal Internacional do Livro e III Feira do conhecimento: Ciência, tecnologia, inovação e negócio.
  • Mais de 42 publicações foram editadas pelo Inesp nesse 1° semestre

Procon

  • 6.869 atendimentos no Procon.

Procuradoria da Mulher

Realizou diversos debates e visitas técnicas.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também