Prefeitos do PSDB pedem que Aécio deixe em definitivo a presidência da legenda

17/07/17 10:04

Os prefeitos de São Paulo, João Doria, e de São Bernardo do Campo, Orlando Morando, encabeçam as articulações para saída definitiva do senador Aécio Neves da presidência do PSDB.

O tucano continua ausente do comando da legenda desde o dia 18 de maio, quando foi afastado das atividades pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin. Aécio esteve envolvido na avalanche de acusações feitas pelo empresário Joesley Batista em delação premiada.

O próprio Aécio chegou a indicar o nome do senador Tasso Jereissati para assumir interinamente o comando do PSDB, mas desde que reassumiu o mandato, no início desse mês, ainda não esboçou nenhum movimento para retomar ressumir o controle da legenda.

No último sábado (15), Doria e Orlando pediram para que Aécio deixe em definitivo a presidência da sigla. As informações estão publicadas na edição desta segunda-feira (17) do O Estado de S. Paulo.

LINKS PATROCINADOS