Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Ex-jogador Robinho está preso em São Paulo após ser condenado por estupro

Robinho foi preso em seu apartamento, em Santos, no litoral de São Paulo

BELO HORIZONTE / MINAS GERAIS / BRASIL 28.05.2017 Atlético x Ponte Preta no Independência - Campeonato Brasileiro 2017 - (foto: Bruno Cantini / Atlético-MG)

21/03/24 20:37

O ex-jogador Robinho foi preso na noite desta quinta-feira (21), no prédio onde mora, no bairro Aparecida, em Santos, no litoral de São Paulo. A captura ocorre após a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidir – por 9 votos a 2 – que ele cumpra a pena de 9 anos pelo crime de estupro coletivo, a partir de condenação da Justiça da Itália.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Antes da prisão de Robinho, a defesa do ex-jogador chegou a apresentar um habeas corpus, onde pretendiam derrubar a decisão do STJ que determinou a prisão imediata para cumprimento da pena. Porém, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, rejeitou o pedido de habeas corpus por entender que não houve ilegalidades no processo para justificar a concessão. “Não se constata, de plano, a alegada violação ao devido processo legal, à ordem pública ou aos instrumentos internacionais que disciplinam a cooperação jurídica em matéria penal”, justificou.

Robinho foi condenado pela justiça italiana por participação em um estupro coletivo de uma mulher albanesa. O episódio ocorreu em uma boate em Milão em 2013, quando o ex-atleta defendia o Milan-ITA.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Após a condenação, o ex-atacante voltou ao Brasil. A Itália chegou a solicitar a extradição de Robinho, mas a Constituição brasileira não prevê a possibilidade de extradição de cidadãos natos. Por esse motivo, o país europeu pediu a transferência da sentença do ex-jogador para o país.

LINKS PATROCINADOS