sete dias sem medo da notícia
Entenda
Deputados cearenses enviam cerca de R$ 2,7 milhões em emendas para outros estados
Dinheiro foi enviado para empresas de outros estados
(Foto: reprodução)
Por : Redação CN7
11/01/22 20:03

Seis deputados federais cearenses enviaram cerca de R$ 2,7 milhões em emendas parlamentares individuais para empresas com sedes em outros estados. O valor pertence ao Orçamento de 2020. Entre os parlamentares que enviaram dinheiro de emendas para outros estados estão André Figueiredo (PDT), Célio Studart (PV), Denis Bezerra (PSB), Luizianne Lins (PT), José Guimarães (PT) e Moses Rodrigues (MDB). Além deles, está o ex-deputado e atual prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PSDB). As informações são do Diário do Nordeste.

As empresas que receberam tais valores estão endereçadas nos estados da Bahia, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo, Distrito Federal, Maranhão, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Sul e Paraná. Dos R$ 2,7 milhões que foram enviados, R$ 1,8 milhão foi pago até o fim do ano de 2021 e outros R$ 800 mil ainda serão depositados.

Ainda de acordo com a publicação do Diário do Nordeste, os fins dessas empresas que receberam o dinheiro são os mais diversos como organizações e instituições de atuação nacional; trabalho de combate às drogas e inclusão social; para potencializar a pesquisa e o desenvolvimento científico, entre outras iniciativas.

O que disseram os parlamentares?

André Figueiredo

  • O deputado André Figueiredo explicou que destinou cerca de R$ 135 mil para empresas com CNPJ registrados em outros estados, mas com atuação no Ceará. Foram recursos para a Capitania dos Portos e a Embrapa Algodão. Além disso, foram feitos repasses para uma empresa do Espírito Santo, fornecedora de computadores no estado, que venceu uma licitação local.

Célio Studart

  • O deputado Célio Studart enviou R$ 100 mil para a obra social Nossa Senhora da Glória, que, segundo ele, é uma das maiores entidades mundiais no trabalho de combate às drogas e inclusão social de pessoas em situação de vulnerabilidade. O parlamentar explica que a sede fica no município de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, mas que a execução ocorreu na instituição lotada no Ceará.

Roberto Pessoa

  • O ex-deputado federal, e atual prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa, explicou, em nota, que os R$ 331 mil enviados para outros estados são, na verdade, investimentos para o Ceará uma vez que foram destinados à Embrapa para contribuir na pesquisa de cultivo de soja no Cariri e na Ibiapaba.

Denis Bezerra

  • O deputado Denis Bezerra disse que enviou R$ 150 mil para a Rede Nacional de Pessoas Trans (RedeTrans), com sede em Curitiba, que tem como intuiuto ampliar as oportunidades de capacitação e de contratação no mercado formal de trabalho para pessoas travestis e transexuais por meio do projeto Oportunizar, que abrange todo o país. Ainda de acordo com o parlamentar, a proposta é voltada para a “empregabilidade voltado de pessoas trans, cuja demanda foi apresentada pelo movimento social, que recebeu recursos do nosso mandato carimbados para execução obrigatória no estado do Ceará”.

Luizianne Lins

  • A deputada Luizianne Lins disse que enviou um total de R$ 782 mil para organizações e instituições de atuação nacional e tiveram a função de fomentar o desenvolvimento de pesquisas e projetos nacionais.

José Guimarães

  • Assim como a colega de partido, o deputado José Guimarães também enviou recursos para ações de âmbito nacional. O parlamentar enviou R$ 250 mil para a Fundação Oswaldo Cruz, que possui sede no Rio de Janeiro, e que tem como objetivo potencializar a pesquisa e o desenvolvimento científico da renomada instituição, que contribui com impactos relevantes em todo o território nacional.

Moses Rodrigues

  • O deputado Moses Rodrigues aplicou um total de R$ 959 mil na Associação Brasileira de Criadores de Camarão, que mantém a sede no Rio Grande do Norte. O parlamentar explicou que se trata de uma associação de abrangência nacional, que desenvolve projetos para micro e pequenos produtores em diversos estados brasileiros, entre eles, o Ceará. Ainda de acordo com ele, a associação é responsável por realizar a Feira Nacional do Camarão, que é considerado o maior evento do setor da América Latina. Os recursos destinados foram investidos em pesquisas, como o Censo da Carcinicultura, além de eventos para capacitação profissional, como o que foi realizado em Acaraú, maior polo produtor do Ceará.
LINKS PATROCINADOS