sete dias sem medo da notícia
Vitória da democracia
Cid perde controle das emendas e Ceará terá R$ 212 milhões para dividir entre os 25 parlamentares
Oligarquia dos Ferreira Gomes sofre derrota nesta quinta-feira, em Brasília
Senador Cid Gomes. (Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado)
Por : Redação CN7
18/11/21 19:07

O senador Cid Gomes (PDT) foi derrotado nesta quinta-feira (18) na disputa pelo controle das emendas de bancada do Ceará. Desta forma, o Estado receberá da União R$ 212 milhões que serão repartidos entre os 25 parlamentares cearenses e poderão ser utilizados no desenvolvimento de 183 municípios do Estado.

Os senadores Eduardo Girão (Podemos) e Chiquinho Feitosa (DEM), além de outros 17 deputados federais assinaram as emendas do Ceará. Após a assinatura das emendas de bancada, Chiquinho Feitosa, que teve participação determinante para o Estado não perder os R$ 212 milhões, enviou uma mensagem para um grupo de WhatsApp com os 22 deputados e 3 senadores cearenses. “Acredito que o tempo não foi suficiente para que pudéssemos aprofundar nos debates. Esperamos que não fique nenhum mal entendido, pois nossa intenção foi a melhor possível”, escreveu.

A proposta de Cid Gomes era fatiar as emendas em 50% para o Governo do Ceará, cerca de R$ 106 milhões, 25% para a Prefeitura de Fortaleza, cerca de R$ 53 milhões, 10% para instituições de ensino federais, cerca de R$ 21,2 milhões e 15% para os parlamentares cearenses, algo em torno de R$ 32 milhões. Porém, o pedetista não conseguiu o apoio necessário para impor sua vontade.

Mudou de lado

Em reunião realizada nesta quinta-feira, em Brasília, o deputado federal, José Guimarães (PT), propôs que o acordo decidido no encontro do dia 09/11 para a divisão dos recursos de forma igualitária entre os 25 parlamentares fosse cumprido. A proposta, inicialmente, teve o aval do coordenador geral da bancada, Genecias Noronha (Solidariedade). Irritado, Cid Gomes pouco ficou na reunião.

Nos últimos minutos

O Ceará foi o último Estado a entregar as emendas de bancada. O prazo chegou a ser estendido. Contudo, nesta quinta, a Presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), senadora Rose de Freitas (MDB-ES), informou à bancada cearense que não iria mais adiar o prazo para a entrega das emendas.

Devido ao impasse criado pelo senador Cid Gomes, o Estado do Ceará ficou muito próximo de perder os R$ 212 milhões em emendas de bancada.

Leia mais: Por capricho de Cid, Ceará deve perder R$ 212 milhões em emendas
Leia mais: Danilo Forte confronta Cid em decisão sobre R$ 212 milhões em emendas para o Ceará
Leia mais: Capitão Wagner reage a caprichos de Cid Gomes sobre emendas para o Ceará
Leia mais: Cid ganha prazo de 24h para reverter derrota na disputa por controle de emendas de bancada
Leia mais: Guimarães volta atrás e Cid perde mais um apoio para comandar emendas da bancada do Ceará

LINKS PATROCINADOS