Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ceará ultrapassa em 6 meses de 2020 o total de homicídios do ano passado inteiro
Em 2019 inteiro foram registrados 2.257 crimes. Neste ano, já são 2.286 em seis meses
Crime de fim de semana: corretor de seguros foi morto na porta de casa, em Monsenhor Tabosa, no começo da manhã do domingo
Ouça a matéria

O Ceará registrou 21 assassinatos neste último fim de semana de junho e, com isto, o estado ultrapassou em apenas seis meses de 2020  o somatório de todos os homicídios do ano inteiro de 2019.  Com os mais recentes crimes,  já são 2.286 assassinatos neste ano, contra 2.257 de 2019. A  previsão é de que até dezembro esse número atual salte para mais de 4.500 mortos se o ritmo da violência não for freado.

Em 28 dias do mês de junho, o estado registrou 336 assassinatos, sendo 109 na Capital, 89 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), 70 no Interior Sul e 68 no Interior Norte. A Grande Fortaleza continua sendo a área mais violenta do estado, contabilizando 198 pessoas assassinadas em 28 dias, numa média de sete homicídios/dia, ou uma pessoa morta a cada três horas e 15 minutos.

No fim de semana, 21 pessoas foram assassinadas em todo o estado, sendo cinco em Fortaleza (nos bairros Floresta, Conjunto Ceará, José Bonifácio, Quintino Cunha e Canindezinho), quatro na Região Metropolitana (três em Caucaia e uma em Pacajus).

Balanço

No Interior Norte ocorreram oito assassinatos nos seguintes Municípios: Itapipoca (duplo homicídio na localidade de Quandú), Forquilha (no bairro Cidade de Deus), Itapajé (morte por intervenção policial), Tamboril (Bairro Vila Esperança), Ibiapina (Localidade Sítio Ouro), Monsenhor Tabosa (bairro Alto da Boa Vista) e Frecheirinha (Bairro das Varzantes).

No Interior Sul foram registrados quatro homicídios, nos seguintes Municípios: Juazeiro do Norte (bairro Betolândia), Mauriti (Centro/Sede), Campos Sales (localidade de Carmelópolis) e Quixadá (Bairro Campo Velho).

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também