Sete dias por semana sem medo da notícia!
2ª Câmara Criminal do TJ do Ceará mantém presidente da Câmara de Maracanaú preso
Presidente da Câmara de Maracanaú, Carlos Alberto (DEM)
Ouça a matéria

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Ceará decidiu, por unanimidade, que o presidente da Câmara Municipal de Maracanaú, vereador Carlos Alberto Gomes de Matos Mota (DEM), permaneça preso. A decisão acontece após os desembargadores, Sérgio Luiz Arruda Parente e Francisca Adelineide Viana, negarem o pedido de habeas corpus feito pela defesa do político.

Carlos Alberto foi alvo das operações “Operação Fantasma” e “Operação Sued” em setembro que investigam suspeita de corrupção e de lavagem de dinheiro. O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), por meio das Promotorias de Justiça de Maracanaú e do Grupo Especial de Combate à Corrupção (GECOC), e a Polícia Civil do Ceará conduziram as ações.

Documento

Em tempo

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também