X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Tragédia familiar no Maciço: mãe e filha são mortas em sítio na zona rural de Mulungu
Polícia não descarta as hipóteses de latrocínio e execução sumária
A Polícia esteve no local do crime iniciando as investigações sobre o caso

Subiu para 438 o número de mulheres assassinadas no Ceará em 2018. Nas últimas 24 horas, as autoridades registraram mais três crimes do gênero. Um deles  se transformou em uma tragédia familiar. Mãe e filha foram mortas a tiros, dentro de casa, no Município de Mulungu, na Região do Maciço de Baturité  (a 83Km de Fortaleza).

O duplo assassinato ocorreu por volta de 3 horas da quinta-feir (29), na localidade de Santana, na zona rural de Mulungu. Conforme apurou a Polícia, a casa onde as vítimas moravam foi atacada por três homens ainda não identificados.

O trio invadiu a residência e matou, a tiros, a aposentada Jacinta Primo de Abreu, de 73 anos de idade, e sua filha, Antônia Gevânia de Abreu, 40. As duas estavam dormindo quando foram executadas. Os criminosos rapidamente fugiram do local sem deixar pistas. E apenas o celular da filha foi levado.

A Polícia não tem ainda confirmada a versão de que se tratou de um caso de latrocínio (roubo seguido de morte). Equipes da Delegacia Regional de Baturité deverão auxiliar a Polícia de Mulungu a esclarecer o caso. Diligências estão sendo realizadas no Maciço de Batuité  na caça aos criminosos.

Outro

Também na madrugada de ontem, uma mulher foi assassinada, a tiros,  no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). A vítima não teve seu nome divulgado pela Polícia.

Com os dois crimes de morte (com três vítimas), já  foram contabilizados 41 assassinatos de mulheres no Ceará no mês de novembro e, no acumulado do ano, 438 vítimas.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também