Sete dias por semana sem medo da notícia!
Superintendente da RF demonstra desinformação sobre o tráfico de drogas nos portos
Milhares de contêineres são embarcados e desembarcados por ano no Pecém, sem fiscalização

O Superintendente da Receita Federal do Ceará, João Batista, demonstra desinformação ao afirmar, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (8), que não há registro de drogas saindo ou entrando dos portos cearenses. Com isso, Batista dá salvo conduto aos contrabando.

Sem dispor de scanner para a verificação das cargas despachadas em milhares de contêineres, os locais se tornaram nos últimos anos uma verdadeira “porta aberta” para a ação do crime organizado, através do contrabando e do tráfico internacional.

Uma operação em conjunto da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal e Ministério Público, desencadeada na última segunda-feira (4), investiga as denúncias.

Em tempo

Ao negar registros de drogas nos portos, João Batista tenta limpar a barra dos FGs.

Em tempo II

Ele também esqueceu de consultar o Google antes da afirmação.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também