Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Secretário da SSPDS comenta supostas ameaças de grupo criminoso

Ele destacou que a corporação trabalha com inteligência

Foto: Reprodução/ Samuel Elânio

14/02/24 22:34

O secretário da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, Samuel Elânio, durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (14), chamou de rumores as denúncias de que teriam outros ataques aos policiais militares. Segundo testemunhas, inclusive da própria corporação, um grupo criminoso estaria ameaçando os agentes e planejando assassinatos em retaliação a morte de um dos seus líderes. Para o secretário, trata-se de “rumores”. Ele destacou que a corporação trabalha com inteligência e que a Polícia Civil está investigando a veracidade das ameaças.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

“Rumores não tem nada comprovado. A gente tem levantado essas informações para saber a motivação da morte do policial militar, bem como para saber se esses supostas ameaças aos policiais realmente são condizentes. Já houve no passado estelionatários se passando por membros de grupo criminoso para extorquir e para ter outros benefícios. Então, a gente só pode ter uma conclusão depois que identificar se essas ameaças aconteceram e, realmente, são verídicas”, destaca o secretário.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

As supostas ameaças foram divulgadas após a morte do policial militar Bruno Lopes Marques, de 27 anos, na noite da última segunda-feira (12). Ele foi assassinado com pelo menos 23 disparos de arma de fogo em um estabelecimento comercial durante a folga no bairro Carlito Pamplona. Outras ocorrências envolvendo a corporação foram levantadas pelos jornalistas na coletiva, como o caso de agressão de um dos agentes da reserva no bairro Pirambu, o secretário reforçou a falta de relação dos crimes, inclusive, apontando outra motivação.

Veja vídeo do secretário na coletiva realizada hoje (14):

Secretário Samuel Elânio.

LINKS PATROCINADOS