Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Secretário da Segurança Pública afirma que morte de funcionário do IJF foi “crime passional”

Uma outra pessoa também ficou ferida na ação criminosa

(Foto: reprodução/vídeo)

23/04/24 18:23

O secretário da Segurança Pública, Samuel Elânio, afirmou que o assassinato de um funcionário do Hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, foi um “crime passional“, praticado por um ex-funcionário da unidade de saúde, por motivos de ciúmes. A declaração foi dada em coletiva nesta terça-feira (23).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

“Já foi identificado como crime passional. A pessoa que praticou esse crime é ex-funcionário do IJF, demitido em 2022, que conseguiu adentrar o hospital com reconhecimento facial e, por motivos de ciúmes, veio a praticar esse homicídio. Sua companheira trabalha no hospital”, afirmou o titular da SSPDS. A companheira do suspeito do crime também trabalha no IJF.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Ainda de acordo com o secretário, o homem apontado como autor do crime – que não teve a identidade revelada – já havia apresentando sinais de uma pessoa ciumenta e que teria dado indícios que poderia praticar algo semelhante [ao crime]. Na ação criminosa, uma outra pessoa foi atingida e levada para o centro cirúrgico.

Assista aos vídeos:

  • Samuel Elânio afirma que crime foi passional
  • Crime foi causado por motivos de ciúmes

LINKS PATROCINADOS