Sete dias por semana sem medo da notícia!
Profissionais do Cariri temem fim da regionalização do Samu
Central está localizada em Juazeiro do Norte, mas seria unificada, junto às outras 13

Profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encampam, junto a políticos do Cariri, uma campanha para que a Central de Regulação Médica do serviço não seja extinta da região.

Atualmente, a central está localizada em Juazeiro do Norte, mas seria unificada, junto às outras 13 centrais, e passariam a operar em Eusébio, cidade da Região Metropolitana de Fortaleza.

O movimento de unificação foi temporariamente contido pela atuação de lideranças políticas do Cariri, mas os trabalhadores do serviço permanecem temerosos.

“A justificativa para centralizar e levar tudo para Eusébio seria a redução de custos”, explica o o coordenador administrativo da base do Samu em Juazeiro do Norte, o médico Marco Rulim.

Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e socorristas que atuam em casos de emergência básicos e avançados percorreram Câmaras de Vereadores da região, em busca de apoio dos representantes políticos locais para a manutenção da central no Cariri.

Eles entendem que a mudança prejudicaria as operações do Samu na região, reduzindo a qualidade do serviço.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também