X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Prefeitura de Sobral abandona Conselho Tutelar e atividades são paralisadas
Ivo Gomes

Representantes do Conselho Tutelar de Sobral encaminharam notificação à Prefeitura Municipal e à Justiça da Vara da Infância oficializando a paralisação das atividades por falta de recursos. Os conselheiros alegam que não há como realizar o trabalho de fiscalização das diversas denúncias por falta de gasolina no único veículo em funcionamento na unidade.

Atualmente, são três carros de uso exclusivo do Conselho Tutelar, doados pelo BNDES, Governo Federal e Unicef, mas apenas um com condições de uso, e, mesmo assim, sem combustível. Segundo os conselheiros, a Prefeitura Municipal tem apenas a obrigação de realizar a manutenção e abastecimento dos carros, mas há alguns meses não cumpre com a obrigação.

Único veículo com condições de uso está parado por falta de combustível.

Denúncias de estupro

Desde a semana passada, há denúncias de suspeita de estupro no distrito de Aracatiaçu, espancamento em Taperuaba e Rafael Arruda, além de outras registradas na sede de Sobral.  “Queremos deixar claro para a população que não temos como realizar as novas demandas, que são muitas, e precisam ser averiguadas com urgências”, ressalta um conselheiro que não quis se identificar.

O outro lado

A redação entrou em contado com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Sobral, mas ainda não foram enviadas respostas.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também