Sete dias por semana sem medo da notícia!
Pré-Carnaval do Bloco Hospício Cultural reúne artistas locais na Praça João Gentil

Depois de movimentar a rua Paulinho Nogueira nos três últimos domingos, o Pré-Carnaval do Bloco Hospício Cultural parte para a Praça João Gentil, onde se apresenta nos dias 10, 17 e 24 de fevereiro. Capitaneado por Gildomar Marinho e Charles Wellington, o bloco tem se firmado como um oásis para os saudosos amantes da folia das marchinhas, frevos e maracatus.

Em 2019, assim como nos anos anteriores, o Hospício tem recebido inúmeros artistas locais, dos mais novos aos mais renomados, que chegam para contribuir com essa festa diversa e democrática chamada Carnaval. Todos os sons, tons e timbres são bem-vindos ao palco do bloco, cujo lema neste ano é “Ninguém solta a mão de ninguém”.

Neste domingo (10), o evento inicia sua concentração às 13h30. Com uma apresentação marcada pelas influências indígenas e nordestinas, o grupo Pifarada Urbana, formado por homens e mulheres de todas as idades, vai envolver todos na sua miscelânea de ritmos a partir das 14h20. Comandada por Gildomar Marinho e Charles Wellington, a banda do bloco sobe ao palco às 15 horas, com o repertório afiado e a alegria de sempre.

A Banda Set List Brasil, composta por Ernesto Cartaxo (voz, violão e guitarra); Ercilia Lima (voz/percussão); Marcilio Façanha (voz/violão) e Adriano Kanu (percussão), levará à praça, a partir das 16h10, releituras de clássicos da música cearense e nordestina. Em seguida, o público poderá conferir o som de Duas Doses de Música & Os Tiragosto, parceria musical de Samuel Brandão e Adelrui. Embalada por ritmos regionais e urbanos, a apresentação terá início às 16h50.

A partir das 17h30, a praça será tomada por Calé Alencar e Batucriolo. O ritmo do entardecer será o maracatu! Para encerrar a festa com chave de ouro, os anfitriões Gildomar e Charles voltam ao palco e prometem animar os foliões até às 20 horas.

Gerido por um coletivo independente, o bloco conta, neste ano, com o apoio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, através do edital de apoio aos blocos de rua do Ciclo Carnavalesco 2019. Durante a festa, são vendidas camisas, cervejas e outros produtos. O valor arrecadado é utilizado para custear os gastos com a produção do evento.

 

História

Foi em 2015, num carnaval que passou, que uma turma de amigos, todos loucos por música, poesia, teatro e cultura em todas suas cores, sons e vertentes, resolveu criar um grupo para trocar dicas sobre o período e compartilhar as experiências vividas na festa. O nome dessa loucura organizada, dessa troca tão enriquecedora, não poderia ser outro. Nasce, a partir daí, o Hospício Cultural, um movimento de arte-cultura que teve como principal palco as ruas do querido Benfica.

Em 2017, surge o Bloco de Pré-Carnaval do Hospício Cultural, em outro formato, com a proposta de Carnaval de rua e como coletivo. Em comum, o coletivo traz o gosto pelas artes, pelo saudoso Carnaval das marchinhas, frevos e maracatus dos blocos Sanatório Geral e Quem É De BEMfica, onde crianças e adultos vestiam-se de alegria e festejavam o amor e a vida. O Hospício é um ato de resgate e resistência do Carnaval de rua, que tem se tornado menor a cada dia, dando espaço aos segregadores carnavais de shoppings.

 

Serviço

Pré-Carnaval do Bloco Hospício Cultural

Data: 10 de fevereiro

Horário: 13h30 às 20 horas

Local: Praça João Gentil (Av. Treze de Maio, s/n)

Acesso gratuito

 

Programação

13:30 – Concentração

14:20 – Pifarada Urbana

15:00 – Charles Wellington, Gildomar Marinho e Banda Hospício Cultural

16:10 – Banda Set List Brasil

16:50 – Duas Doses de Música & Os Tiragosto

17:30 – Calé Alencar e Batucriolo

18:10 – Charles Wellington, Gildomar Marinho e Banda Hospício Cultural

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também