Sete dias por semana sem medo da notícia!
Polícia Militar do Ceará completa 184 anos. Conheça um pouco da história da corporação
Instituição foi criada em maio de 1835 e participou de vários momentos históricos
Hoje, a PM cearense tem uma tropa superior a 15 mil homens

Em maio de 1835, o Presidente (Governador), da Província do Ceará, padre, senador vitalício e orador sacro, José Martiniano de Alencar, preocupado com a segurança e o bem estar dos habitantes da Província do Ceará, assinou a Resolução Provincial nº 13, criando a Força Pública do Ceará, embrião da valorosa Polícia Militar do Ceará.

A partir de 4 de janeiro de 1947 passou então à denominação que tem até os dias atuais a partir da entrada em vigor da constituição de 1946. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) tem por missão constitucional o policiamento ostensivo e a preservação da ordem pública. Seu primeiro Comandante foi o Tenente do Exército Brasileiro, Tomaz Lourenço da Silva Castro, que comandou de 24/05/1835 a 19/01/1839.

A Polícia Militar do Ceará é uma Instituição que se confunde com a história de nosso Estado. Falar desta Corporação é fazer um passeio pelos seus anos de existência e reencontrar personagens e fatos que marcaram nossa história, como a Guerra do Paraguai, a Sedição de Juazeiro, Revolução de 1930 no Ceará, Combate ao Cangaço, Caldeirão, Revoluções de 1932, constitucionalista de São Paulo de 1964.

Ao longo de sua existência, a PM cearense trocou quatorze vezes de nome.

A Polícia Militar do Ceará, ao longo de sua existência, sofreu mudanças, adaptou sua estrutura aos nossos tempos, onde a mais recente reestrutura ocorreu em 05 de setembro de 2012, através da Lei nº 15.217 que dispõe sobre a nova Organização Básica da Polícia Militar do Ceará ( LOB/PMCE).

O fundador da PMCE

O padre Senador José Martiniano de Alencar, nascido no dia 16 de outubro de 1794, natural de Missão Velha/CE., irmão de Tristão Gonçalves e filho de José Gonçalves dos Santos e Bárbara Pereira de Alencar, fundou a Gloriosa e Heráldica Policia Militar do Ceará, na sua 1ª gestão de Presidente da Província (1834 a 1837), sob a resolução nº 13, no dia 24 de Maio de 1835. Segundo o historiador João Brígido, o Senador Alencar lançou os fundamentos do progresso do Estado do Ceará. Faleceu no dia 15 de março de 1860 no Rio de Janeiro.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também