sete dias sem medo da notícia
Pipeiros entram em greve contra mau funcionamento de sistema e salário defasado
Por : Redação CN7
06/11/17 15:12

Cerca de 1.800 motoristas de carros-pipa do Ceará entraram em greve, na manhã desta segunda-feira (6), em protesto contra a precariedade do Sistema Gpipa e o salário “defasado” da categoria.

O sistema de monitoramento Gpipa é usado para controla as entregas de água feitas por cada caminhão. Os veículos recebem um equipamento que registra data, hora e a rota usada. No entanto, segundo o presidente do Sindicato dos Pipeiros, Eduardo Aragão, o equipamento não está registrando as viagens de forma correta.

“Esse aparelho não está mais registrando de forma adequada as nossas viagens. Em alguns caminhões, o Gpipa não puxa o relatório completo. Perde os motoristas”. Outra questão levantada por Eduardo Aragão é o salário defasado dos pipeiros. A categoria espera um acordo com o Exército até amanhã (7). A 10ª Região Militar do Exército, responsável pelo Ceará, deve se pronunciar ainda na tarde de hoje.

Segundo o presidente do sindicato, a paralisação já atinge cerca de 1 milhão de pessoas nas cidades de Morada Nova, Madalena, Orós, Maracanaú, Nova Olinda e Caucaia, dentre outras. Caso as demandas não sejam atendidas, o grupo poderá fechar rodovias a partir de amanhã.

Com informações do G1

LINKS PATROCINADOS