sete dias sem medo da notícia
PF prende ex-desembargador Carlos Feitosa envolvido na Expresso 150
Ele foi condenado a 3 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão pelo STJ
Carlos Feitosa
Por : Redação CN7
19/02/21 16:35

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (19) o ex-desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) Carlos Feitosa, 71 anos, condenado em definitivo pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). A prisão se deu na residência do condenado, no bairro Cocó, na capital cearense.

O ex-desembargador foi condenado a pena privativa de liberdade de 3 anos, 10 meses e 20 dias de reclusão, pelo STJ, que emitiu o Mandado de Prisão cumprido pela PF no Ceará.

O ex-desembargador foi investigado na operação Expresso 150, deflagrada no ano de 2015, tendo sido aposentado compulsoriamente em decorrência dos fatos investigados. Foi aplicada em definitivo a resposta estatal por parte dos fatos apurados pela Polícia Federal no Ceará. O trabalho policial investigativo, com deflagração de fases da Operação Expresso 150 e análises diversas do material apreendido culminou nessa condenação pelo Poder Judiciário.

O preso está na sede da Polícia Federal à disposição da Justiça e será encaminhado ao sistema prisional cearense.

Entenda

A Expresso 150 investiga a concessão de habeas corpus em caráter liminar que beneficiavam criminosos, como um traficante apontado como fundador da facção local Guardiões do Estado (GDE).

LINKS PATROCINADOS