sete dias sem medo da notícia
Pessoa acusa FGs de usarem de “sem-vergonhice” no caso das obras da Transposição
Roberto Pessoa fez um apelo aos políticos para que não tratem o assunto de forma político-partidária
Por : Redação CN7
11/05/17 9:03

Em entrevista ao vivo e exclusiva ao programa “Ceará News”, na Rede Plus de Rádio FM, na manhã desta quinta-feira (11), o ex-deputado estadual, atual vice-prefeito de Maracanaú e presidente de honra do Partido da República no Ceará (PR), Roberto Pessoa, disse que os Ferreira Gomes, “usam da cortina da sem-vergonhice para enganar o povo do Ceará”.

Pessoa se referia ao caso do embargo da Justiça às obras de conclusão da Transposição das Águas do Rio São Francisco para o Ceará. O consórcio vencedor da licitação foi notificado pela Justiça a paralisar as obras por conta de um recurso judicial impetrado pelas construtoras PB e Marquise, que questionam o processo licitatório do qual foram derrotadas.

Para o político, por trás da PB está o ex-governador Cid Gomes, que “tem interesses na construtora” e que seria um sócio informal da empresa. “Não posso dizer que ele é sócio porque não tenho provas, mas ele tem interesses nela”. No governo de Cid Gomes, a PB realizou obras no Estado com um volume de recursos que chegou a R$ 1,2 bilhão.  “E ela continuou e continua no governo do Camilo Santana”, arremata.

Para Roberto Pessoa, seria fácil para os Ferreira Gomes convencer as duas empresas que impetraram o recurso judicial a retirá-lo e assim, o consórcio vencedor tocar as obras e fazer as águas chegarem ao Ceará, como é desejo da população. “Mas ao invés disso, fazem  reuniões com os deputados e vão ao Tribunal, em Brasília, buscar uma solução, usando essa cortina da sem-vergonhice para enganar o povo do Ceará. Quem manda na PB é o Cid”.

Apelo

O presidente do PR também alfinetou o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque. Para ele, o parlamentar  fez uma “palhaçada” ao reunir os deputados para tentar solucionar o entrave jurídico que suspendeu o andamento das obras. “Ora Zezinho, você está todos os dias com o Cid, peça a ele também para pedir a PB Engenharia para tirar essa peleja da Justiça”.

No final da entrevista, o presidente de honra do PR fez um apelo: “Esta obra do São Francisco não deve ser usada politicamente por ninguém. É água, e água é vida, é necessidade. Nós estamos no Nordeste semi-árido. Senhores políticos, tirem essa questão político-partidária dessa obra, pois estão fazendo o mal ao Nordeste e ao povo do Ceará”, concluiu.

Ouça a entrevista completa de Roberto Pessoa à Rede Plus:

LINKS PATROCINADOS