sete dias sem medo da notícia
Onda de assassinatos em dois dias elevou taxas de homicídios para além de 4 mil
Um mototaxista foi morto pelo passageiro, ontem, no bairro Jangurussu
Por : Redação CN7
20/10/17 11:58

Para chegar nesta sexta-feira (20) ao índice de quatro mil homicídios neste ano no Ceará, a criminalidade avançou por todo o estado nas últimas 48 horas. Em apenas dois dias, entre quarta e quinta-feira (18 e 19), as autoridades policiais registraram 29 casos de homicídios, sendo 12 na Capital, 10 da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e outros sete no interior.

Na quarta-feira (18), cinco pessoas foram mortas em Fortaleza, nos bairros Pici, Passaré, Genibaú, José Bonifácio e Tauape. Na quinta (19), foram mais sete assassinatos nos bairros Planalto Pici, Canindezinho, Barra do Ceará, Bonsucesso, Bom Jardim, Tauape e Jangurussu. Já na Região Metropolitana de Fortaleza, nos dois dias, foram registrados 19 homicídios nos seguintes Municípios: Caucaia (3), Maracanaú (3), Pacajus (2), Cascavel e Maranguape.

Em 48 horas, sete pessoas foram assassinadas no Interior do estado, nos municípios de Sobral, Palhano, Guaraciaba do Norte, Acopiara, Hidrolândia, Juazeiro do Norte e Reriutaba.

Mulheres vitimadas

Entre as vítimas dos 29 casos de homicídios nos dois dias, figuraram cinco mulheres. Ainda na quarta-feira, uma adolescente de 12 anos, identificada como Ana Lívia Aguiar Mendes, foi morta, a tiros no cruzamento das ruas Joaquim Magalhães e Barão de Aratanha, no bairro José Bonifácio, na zona central de Fortaleza. A mãe dela e uma irmão, um bebê de apenas 3 meses de vida, ficaram feridos.

Cerca de 40 minutos, outra jovem, identificada apenas por Raíssa, foi baleada e morta dentro de um ônibus que trafegava pela Rua Moçambique, no bairro Genibaú, na zona Oeste da Capital.

Na cidade de Acopiara, na região Centro-Sul do Ceará, uma jovem de 26 anos, foi executada a tiros diante dos filhos e dentro de casa. A vítima foi identificada como Maria Socorro Alves Lima.

Na quinta-feira, pelo menos, mais duas mulheres foram mortas nas ruas de Fortaleza. Ainda na manhã de ontem, uma mulher, não identificada, foi assassinada a tiros na Avenida General Osório de Paiva, no bairro Canindezinho (zona sul), quando, segundo a Polícia, estaria praticando assaltos numa motocicleta, com um comparsa, que também foi baleado e levado para um hospital da região. À noite, outra mulher foi executada, também  a tiros,  no bairro Bom Jardim.

 

LINKS PATROCINADOS