Odebrecht pagou propina a Leão Montezuma no exterior durante gestão Cid Gomes

17/04/17 11:45

O Ceará News 7 já havia anunciado no domingo(16) e hoje (17) que o Ministério Público Federal (MPF) no Ceará investigará o então presidente da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) durante o Governo Cid Gomes, Leão Montezuma, por ter recebido propina de R$ 500 mil da construtora Odebrecht.

Fato relevante é que o ato ilício aconteceu no estrangeiro, fora do Brasil, como mostra o documento do ministro do STF, Edson Fachin.

Leia a íntegra do documento do ministro Edson Fachin

A delação, que atinge em cheio o Governo Cid Gomes, foi feita pelo ex-diretor da Odebrecht, João Pacífico.

Segundo ele, Montezuma recebeu propina para não criar problemas nas obras do Sistema Adutor Castanhão.

Veja a delação de João Pacífico

LINKS PATROCINADOS