sete dias sem medo da notícia
Em discurso
“Ninguém fechará esta Corte”, garante presidente do STF, ministro Luiz Fux
O magistrado apontou possíveis crimes cometidos pelo chefe do Executivo
(Foto: reprodução)
Por : Redação CN7
08/09/21 18:23

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, realizou um discurso nesta quarta-feira (8) em resposta as críticas do presidente Jair Bolsonaro, durante discurso nas manifestações de 7 de setembro. O magistrado apontou possíveis crimes cometidos pelo chefe do Executivo e garantiu que ninguém fechará a instituição. “Ninguém fechará esta Corte. Nós a manteremos de pé, com suor e perseverança”, disse.

“O STF não aceitará ameaças à autoridade de suas decisões. Se o desprezo às decisões judiciais ocorre por iniciativa do Chefe de qualquer dos Poderes, essa atitude, além de representar atentado à democracia, configura crime de responsabilidade, a ser analisado pelo Congresso Nacional”, afirmou Fux.

Em reunião ministerial realizada nesta quarta, o presidente Jair Bolsonaro sugeriu que a Polícia Federal (PF) também não cumpra mais decisões do ministro Alexandre Moraes, do Supremo. “Todos sabemos que quem promove o discurso do ‘nós contra eles’ não propaga democracia, mas a política do caos”, disse Luiz Fux.

“No exercício de seu papel, o Supremo Tribunal Federal não se cansará de pregar fidelidade à Constituição e, ao assim proceder, esta Corte reafirmará, ao longo de sua perene existência, o seu necessário compromisso com a democracia, com os direitos humanos e com o respeito aos poderes e às instituições deste País”, finalizou.

Assista ao vídeo:

LINKS PATROCINADOS