Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ministério Público do Estado do Ceará pede soltura do vice-prefeito de Trairi
Erinaldo Freitas Moura

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) pediu a liberdade provisórias, nesta terça-feira (14), do vice-prefeito de Trairi, Erinaldo Freitas Moura. Segundo o órgão, o político não tem antecedentes criminais, além de possuir intensa e tradicional atividade comercial no município.

O MPCE garante que “nenhuma informação colhida no auto da prisão em flagrante indica que o preso estaria sendo investigado ou que possui qualquer grau de periculosidade”.

Em tempo

Erinaldo foi preso na tarde de segunda-feira (13) após atirar em carro de policiais descaracterizados. Os agentes da Polícia Civil estavam em uma ação no distrito de Canaã.

Em tempo II

Ainda segundo o MPCE, “o carro era desconhecido, sem sinais oficiais, e as pessoas em seu interior não indicavam ser agentes públicos”. O órgão também defende que “para o juízo de um homem médio, possuidor de comércio lucrativo e morador de cidade do interior, principalmente em que se tem relatos de uma série de atentados praticados por traficantes e organizações criminosas, ter sua residência patrulhada por veículo desconhecido para ele parecia suspeito e ameaçador”.

Confira pedido do MPCE

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também