Sete dias por semana sem medo da notícia!
Ministério Público adverte Ceará e Fortaleza por atitudes que promovem rivalidade
Segundo coordenador, algumas ações levam ao aumento da violência nas arquibancadas
Foto: Kid Junior

Em recomendação expedida por Antônio Edvando Elias de França, promotor de Justiça coordenador do Núcleo do Desporto e Defesa do Torcedor (Nudtor), terça-feira (18), Ceará e Fortaleza foram advertidos pelo Ministério Público do estado por provocações em jogos do Campeonato Brasileiro.

Foi recomendado que os times proíbam atletas e funcionários de realizarem qualquer ato que aumente a rivalidade entre os torcedores. Além disso, o documento também traz advertência de que não será tolerada a reincidência de tal prática com a adoção de todas as medidas judiciais, e com atitudes junto ao Tribunal de Justiça Desportiva do Estado do Ceará.

Segundo Antônio Edvando, ações cometidas por pessoas ligadas diretamente aos times refletem no comportamento apresentado nas arquibancadas e desencadeia mais violência entre os torcedores.

Publicidade
Mais Lidas