sete dias sem medo da notícia
Marco Aurélio derruba decisão de Fachin e Aécio retoma mandato no Senado
Por : Redação CN7
30/06/17 11:56

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), derrubou, nesta sexta-feira (30), o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB) das funções parlamentares. O afastamento fora determinado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato na Corte, após o tucano ser gravado pedindo propina de R$ 2 milhões à JBS.

A procuradoria geral da República (PGR) chegou a pedir, por duas vees, a prisão de Aécio Neves, mas o STF não acatou o pedido. Pelo contrário, na sessão que deveria julgar o recurso da PGR, a Corte adiou a decisão sobre o tucano e liberou sua irmã, Andrea Neves, e seu primo Frederico Pacheco, gravado recebendo dinheiro de propina pelo senador.

O caso de Aécio foi parar nas mãos de Marco Aurélio após Fachin fatiar as investigações oriundas da delação da JBS. A defesa do senador entrou com recurso junto ao próprio STF para derrubar a decisão de Fachin e voltar ao Senado.

Presidência do PSDB

Após ter sido bombardeado pela delação de Joesley batista, Aécio Neves se afastou da presidência nacional do PSDB, em benefício do senador Tasso Jereissati. Até a manhã de hoje, tucanos pediam que Aécio renunciasse ao comando da sigla para evitar ainda mais desgaste à imagem do PSDB. O senado pediu aos correligionários prazo até setembro para deixar o cargo.

LINKS PATROCINADOS