Sete dias por semana sem medo da notícia!
Maioria aprova permanência de moro como ministro, mas desaprova conversas inadequadas
Datafolha aponta que brasileiros são favoráveis a punição do ex-presidente Lula

Pesquisa Datafolha aponta que 58% dos brasileiros consideram inadequadas as supostas conversas vazadas entre o então juiz Sérgio Moro, e procuradores da força-tarefa da operação Lava Jato, divulgadas pelo site The Intercept Brasil. Os que viram as mensagens como adequadas são 31%, e os que não souberam opinar representam 11% dos entrevistados.

Apesar disso, 55% dos entrevistados não acham que Moro deveria deixar o cargo de ministro da Justiça, posto que assumiu no início deste ano após convite do presidente Jair Bolsonaro, que venceu eleição no ano passado derrotando no segundo turno o petista Fernando Haddad, apoiado pelo ex-presidente Lula.

Outros 38% concordam que Moro deveria renunciar. Os que não sabem são 7%. A avaliação de Moro como ministro caiu de 59% em abril para 52% nesta pesquisa.

Condenação de Lula

A pesquisa aponta ainda que a maioria dos brasileiros (54%) é a favor da punição ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá, que faz parte dos processos da Lava Jato. A prisão é vista como injusta por 40%. Os que não souberam opinar são 6%.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também