X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Jair Bolsonaro quer investigar denúncias de fraudes na Educação de Sobral
Prefeito Ivo Gomes, que gritou "ele, não", terá de recepcionar a equipe do homem, sim
Ivo prepara a zaga para receber o time de Bolsonaro

O presidente eleito Jair Messias Bolsonaro quer investigação na educação de Sobral. Segundo o CN7 apurou, o Ministério dos Direitos Humanos vai mandar uma comissão à Sobral no primeiro bimestre de 2019.

Dentre as fraudes que manipulam o resultado das avaliações do IDEB, SPAECE e a prova da prefeitura de Sobral, que também gera bonificação financeira para os diretores, coordenadores e alguns professores aliciados, aqui já denunciados, as disciplinas de geografia, história, ciências e língua estrangeira são excluídas da grade escolar dos alunos do 2º, 5º e do 9º ano. O prejuízo no aprendizado dessas crianças é incalculável, segundo especialistas.

As direções das escolas são autorizadas pela Secretaria de Educação de Sobral a colocar os professores de geografia, história e ciências para ministrarem as aulas de português e matemática nos dois tempos de segunda até sexta-feira. As diretoras das escolas falam para os pais que não precisam levar os livros para a escola.

Em tempo

O prefeito de Sobral, Ivo Gomes (PDT), é conivente com os maus-tratos contra os alunos do ensino fundamental. Sem domínio da disciplina, os alunos reclamam que os professores só se preocupam com os mais inteligentes da sala, aqueles que vão “dar lucro” para eles. Já os que apresentam dificuldade de aprender, esses são abandonados em sala e excluídos do grupo, divididos em ouro, prata e bronze.

Em tempo II

As investigações sobre as fraudes no Ceará serão federalizadas. Os FGs tremem.

Escute denúncia

Com informações de Wellington Macedo

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também