Sete dias por semana sem medo da notícia!
Homem de confiança do presidente do PDT é alvo da operação Registro Espúrio
PF investiga esquema de corrupção passiva e ativa, organização criminosa e lavagem de dinheiro no Ministério do Trabalho. Mandados foram cumpridos nos gabinetes de três deputados federais

Um dos homens de confiança do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, foi alvo, nesta quarta-feira (30), da operação Registro Espúrio. O advogado João Graça foi assessor especial do pedetista quando ele ocupava o Ministério do Trabalho, durante o governo Dilma Rousseff (PT).

Mesmo quando Lupi deixou o cargo, João Graça seguiu no cargo e, em seguida, ainda assumiu a Delegacia Regional dl Trabalho no Paraná, por indicação do pedetista.

Na operação, a PF investiga suposto esquema de corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro no Ministério do Trabalho.

 

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também