Sete dias por semana sem medo da notícia!
Heitor Férrer lamenta exclusão de Maracanaú no Plano de Enfrentamento aos Crimes
Deputado Heitor Férrer/ Foto: Paulo Rocha.

O deputado estadual Heitor Férrer (SD) lamentou nesta terça-feira (02), a exclusão da cidade de Maracanaú do Plano Nacional de Enfrentamento aos Crimes Violentos por falta de apoio do Governo do Estado. O parlamentar criticou ainda a justificativa de recusa do secretário estadual André Costa por entender que a escolha do município teve caráter político, já que a administração local é de oposição ao governo.

“Às favas com essa interpretação. Quem está precisando de uma política pública nova de combate a violência é o estado do Ceará. O governador e o secretário jamais poderiam ter caído nessa coisa miúda, se foi isso o que aconteceu. É injustificável se utilizar de uma picuinha e não pensar no número de pessoas mortas diariamente neste estado que é o segundo que mais mata em todo o país”, disse em pronunciamento na Assembleia Legislativa.

Segundo ele, o estado perdeu uma oportunidade de ser contemplado pelo programa por pura vaidade do governo e falta de interesse em tentar solucionar o problema da violência.

“O governador não pode se dar ao luxo de ser tão pequeno, tão medíocre, tão anti-povo do Ceará pela vaidade e pela pequenez da politicalha. Isso é um certificado patente, com firma reconhecida, de que os governantes, pelas suas vaidades, terminam prejudicando o povo. Só é bom para estado quando o humor de um está de bem como o humor de outro? Isso é que é uma representação deplorável”, criticou Heitor Férrer.

O parlamentar afirmou que vai requerer oficialmente explicação sobre a exclusão de Maracanaú do programa.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também