Sete dias por semana sem medo da notícia!
Governo espera reduzir à metade o preço dos combustíveis com novo marco do setor
Consumidor poderá ficar liberado para escolher seu fornecedor

Pelos menos nove estados já manifestaram interesse em aderir às regras do novo marco do setor de gás, que deve ser lançado em uma semana. O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) estabeleceu prazo de 180 dias para que órgãos do governo estudem medidas para ampliar a competitividade do setor de combustíveis no país.

Segundo a Folha de S. Paulo, por enquanto, apenas Sergipe, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo estão no pelotão de frente da iniciativa e já fecharam apoio.

De acordo com o conselho, que é coordenador pelo Ministério de Minas e Energia, o objetivo das propostas é permitir a entrada de novos agentes no mercado brasileiro.

O governo tem a expectativa de reduzir à metade o preço do gás, e caberá aos Estados, a criação do consumidor livre, que como o próprio nome diz, será liberado para escolher seu fornecedor. Atualmente o mercado é monopólio das distribuidoras estaduais.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também