sete dias sem medo da notícia
Brasília
Girão vai recorrer no Senado para desarquivar pedido de impeachment contra Moraes
Cearense diz essa é uma pauta legítima
Eduardo Girão
Por : Redação CN7
09/09/21 14:35

O senador cearense Eduardo Girão (Podemos) irá recorrer ao Plenário do Senado contra a decisão do presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, de arquivar o pedido de impeachment do ministro do STF Alexandre de Moraes. Quem assina também esse requerimento é o senador Lasier Martins.

Essa pressão para fazer tramitar o impeachment de Alexandre de Moraes pode acelerar também o pedido de impeachment contra o presidente Bolsonaro.

Em tempo

O pedido de impeachment de Moraes foi apresentado por Bolsonaro.

Em tempo II

No pedido em questão, o presidente da República fez acusações ao ministro do STF e se defendeu dos inquéritos abertos em razão de seus ataques ao sistema eletrônico de votação. Bolsonaro, no entanto, não individualizou os supostos crimes de responsabilidade. O presidente do Senado, como noticiamos, acabou arquivando o pedido, sob o argumento de que a peça não se adequa à Lei do Impeachment.

Em tempo III

Girão disse a O Antagonista que mantém seu posicionamento, desde o início do mandato, favorável à análise dos pedidos de impeachment de ministros do STF.

“Essa é uma pauta legítima, constitucional. Só o Senado pode frear alguns abusos que a gente tem visto vindos da Suprema Corte do país. A omissão do Senado não contribui para a paz. Essa confusão institucional que a gente está vendo aí tem o Senado como corresponsável. Era para ter analisado isso [pedidos de impeachment de ministros do STF] há muito tempo. É importante para o fortalecimento da democracia. A gente precisa fazer o nosso trabalho: pelo menos colocar em tramitação esses pedidos”, disse o cearense

Em tempo IV

O Podemos não vai apoiar eventual processo de impeachment de Jair Bolsonaro.

LINKS PATROCINADOS