Sete dias por semana sem medo da notícia!
Em dois meses de trabalho, Cid Gomes só apresenta um único projeto no Senado
FG está sendo bem pago para fazer mau uso do cargo em Brasília
Cid Gomes

O senador Cid Gomes ( PDT-CE) começou a trabalhar em Brasília há dois meses. Nesse período, só apresentou um projeto no Senado. Enquanto isso, o deputado federal Capitão Wagner (PROS-CE) deu entrada com 20.

Os dois foram os mais votados nas Eleições 2018.

Veja o que Cid fez

Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 20/19, que pretende reduzir de 75% para 50% a cobrança sobre o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) incidentes nos transportes interestaduais, intermunicipais e de comunicação pertencentes aos municípios para oferecer uma “maior autonomia” aos estados.

Confira trabalho de Wagner

Em tempo

Em contra partida, o deputado gastou R$ 44.587,70 nesse período, enquanto Cid usou R$ 14.799,21.

Veja

Em tempo

O maior gasto do mandato de ambos, entretanto, está com o pagamento de servidores comissionados que os parlamentares podem contratar. A folha de pessoal dos nove servidores lotados no gabinete de Cid Gomes, em março, foi R$ 74.624,96. Já no gabinete de Capitão Wagner, os 25 servidores contratados custaram, também no mês de março, um total de R$ 107.041,17.

Com informações de Política Real

 

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também