Sete dias por semana sem medo da notícia!
Domingos Neto comunica ao Planalto que não assina documentos para receber cargos
Tensão tem sido a marca da relação política do Congresso com o governo Bolsonaro
Deputado federal Domingos Neto (PSD-CE)

O deputado federal Domingos Neto (PSD-CE), coordenador da bancada do Ceará no Congresso, explicou ao site O Antagonista por que recusa cargos oferecidos pelo Planalto.

“O governo, por meio da Joice Hasselmann [líder do governo no Congresso], chamou todas as bancadas para oferecer cargos federais nos estados. Ocorre que eles querem que os deputados assinem essas indicações. Você tem que assinar a indicação. Não foi dito isto expressamente, mas todos interpretaram essa exigência da assinatura como uma obrigação de se comprometer com a reforma da Previdência”.

Ainda se segundo O Antagonista, assim como coordenadores de várias outras bancadas, Domingos Neto devolveu a lista de indicações em branco.

“Não aceitaremos cargos até que o governo mude a forma de se relacionar. Nenhum deputado quer assinar nada em troca de comprometimento com a reforma. Ninguém vai se comprometer com um tema tão sensível como esse em troca de cargo. Não aceitaremos ‘toma lá, dá cá’. Estamos questionando o governo sobre a exigência da assinatura. Parece que isso [as assinaturas] vai para algum arquivo e, depois, eles poderão querer exigir algum tipo de contrapartida. Nessas circunstâncias, ninguém vai assinar nada.”

Em tempo

No caso do Ceará, também de acordo com DN, o governo ofereceu cargos em 14 órgãos federais.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também