X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Depois de um bate-boca dentro da delegacia, delegado manda prender policial civil
A confusão entre agentes da Segurança Pública aconteceu na tarde de ontem na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Independência (CE). Para não ficar preso na delegacia onde trabalha, o inspetor pagou fiança de R$ 3 mil
Inspetor Rubens Fernandes acabou preso pelo delegado Fernando Veiga

Uma discussão entre dois agentes da Segurança Pública terminou em prisão. Tudo aconteceu quando um delegado e um inspetor da Polícia Civil bateram boca dentro de uma delegacia do interior. Na confusão formada. O delegado deu voz de prisão ao policial por crime de desacato e ameaça. Para não ficar preso na própria delegacia onde trabalha, o policial teve que pagar uma fiança de R$ 3 mil, valor próximo ao seu salário de um mês de atividades.

O fato aconteceu na tarde desta segunda-feira (11)  na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Independência (a 309Km de Fortaleza).  O delegado titular daquela unidade, Fernando Veiga, discutiu com o inspetor Rubens Duarte Gomes Fernandes. Por pouco, os dois não se engalfinharam em uma luta corporal dentro da delegacia.  O delegado acabou dando voz de prisão ao inspetor. E para não ficar preso, o policial pagou a fiança.

A discussão entre os dois servidores da Segurança Pública teria por motivo as investigações que a Polícia estaria fazendo em torno da morte de um homem preso durante uma operação realizada há duas semanas na vizinha cidade de Crateús. O homem morto seria parente do inspetor e o delegado estaria à frente das investigações. Foi quando surgiu o desentendimento.

O delegado afirma que o inspetor teria tentado sacar a arma (pistola) para atirar contra ele. O policial  nega, e diz que vem sendo pressionado pelo chefe. O caso agora vai parar na Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos da Segurança Pública e do Sistema Penitenciário (CGD).

 

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também