sete dias sem medo da notícia
Novela continua
Coronel Aginaldo agora topa duelo e manda Ciro Gomes marcar dia, hora e o local
Aginaldo mandou Ciro Gomes marcar dia, hora e local para o desafio
Coronel Aginaldo. (Foto: Fátima Meira/Futurapress/Folhapress)
Por : Redação CN7
19/08/21 18:12

O comandante da Força Nacional de Segurança Pública, coronel Aginaldo de Oliveira, voltou atrás na decisão e resolveu aceitar o duelo com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT). Em entrevista ao site Jornal da Cidade Online, ele mandou o ex-governador do Ceará marcar dia, hora e local para o desafio.

“Eu disse que na hora que ele estivesse disposto para uma luta justa e regulamentada pelas federações do Brasil, eu estaria disposto para medir essa valentia dele. Para saber se essa valentia dele não é só de garganta, só de goela, só através das câmeras como ele atinge e ofende pessoas de bem lá no Ceará. Se ele realmente é valente, [eu] estaria disposto em qualquer lugar, em qualquer situação para nos confrontarmos em situações legais. Conforme as regras do MMA e de outros órgãos que regulam as lutas pelo mundo“, disse Aginaldo.

O desafio aconteceu após falas de Ciro Gomes atacando o comandante da Força Nacional de Segurança Pública. Em uma delas, o ex-ministro afirma que Aginaldo chefiaria milícias, agitadas pelo presidente Jair Bolsonaro, nas polícias militares. O pedetista ainda disse que o coronel estava ligado ao que há de pior na PM do Ceará. “Tenho uma história de polícia com integridade, honradez, honestidade e lealdade ao meu povo do Ceará e ao povo do Brasil. Acredito que ele deve estar em uma sandice, em um estado de loucura”, disse.

Além do coronel Aginaldo, Ciro Gomes também desferiu ataques a esposa do comandante, a deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP). “Por quatro vezes esse indivíduo vem com ofensas, não só contra mim, mas contra a minha esposa”, relatou. O coronel garantiu que vai adotar medidas cabíveis contra o presidenciável.

Leia mais: Comandante da Força Nacional chama Ciro para briga conforme as leis permitem
Leia mais: Presidente Bolsonaro dá respaldo a coronel Aginaldo para confronto contra Ciro
Leia mais: Coronel Aginaldo desiste de duelar em praça pública com Ciro Gomes

LINKS PATROCINADOS