Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Ciro volta a atacar Cid e Camilo lamentando destino dado ao Ceará por seus ex-aliados

Declaração foi dada em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (20)

(Foto: reprodução/vídeo)

20/03/24 18:11

O ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) voltou a atacar o senador e seu irmão, Cid Gomes (PSB), e o ministro da Educação, Camilo Santana (PT). Em entrevista coletiva, nesta quarta-feira (20), o pedetista disse ser o responsável pela construção política dois dois e lamentou o destino dado ao Ceará por seus ex-aliados.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

“Eu fico tomando notícias porque eu deleguei ao Cid e ao Camilo, porque eu ajudei a fundar esses dois, essas duas personalidades, eu tenho segurança que fiz pensando no bem do Ceará, não quis para mim, nunca fui candidato outra vez e tal, eu criei a vida desses dois e eu nunca pensei que aquilo que eu estava fazendo fosse resultar nisso”, disse.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Na avaliação de Ciro Gomes, a situação política do Estado está caminhando para virar uma “ditadura”. “Há um esforço quase sistemático de construir uma certa ditadura no Ceará que nem os coronéis tentaram, porque pelo menos entre eles eram três, e a divergência entre Virgílio Távora, Adauto Bezerra e César Carls acabava permitindo determinar… Mas, ainda assim, o acordo que fizeram fez muito mal ao Ceará”, completou.

Assista aos vídeos:

  • Ciro critica Cid e Camilo, lamentando rumo dado por ex-aliados ao Ceará
  • Ciro compara rumo da política do Estado com período da ditadura militar
  • Ciro evita comentar sobre política de Sobral

LINKS PATROCINADOS