X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Cid afirma que “palavra final” sobre alianças com FGs nas Eleições 2018 cabe a Ciro
Presidenciável é o principal opositor do acordo por medo de perder o apoio do governador na disputa pelo Planalto
Cid na Rádio Tupinambá

O ex-governador Cid Gomes (PDT) afirmou, nesta sexta-feira (12), que o presidenciável Ciro Gomes (PDT) é quem dá a “palavra final” nas decisões do grupo político dos Ferreira Gomes. Em entrevista à rádio Tupinambá, quando perguntando sobre as candidaturas lançadas pelos FGs em 2018, Cid foi categórico: “quem decide isso não sou eu, quem decide isso chama-se Ciro Ferreira Gomes. Papai era quem decidia quando estava vivo, a mamãe, na ausência dele, dava suas opiniões, e, na ausência dos dois, o Ciro é quem decide”.

A declaração de Cid acerta em cheio a aliança entre os Ferreira Gomes, o governador Camilo Santana (PT) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB). Ciro é o principal empecilho para a formalização da aliança. O ex-ministro veta o acordo para evitar ferir de morte a própria candidatura à presidência da República, pois tanto Camilo quanto Eunício já decidiram pelo apoio ao ex-presidente Lula na disputa pelo Planalto. A já frágil candidatura de Ciro não sobreviveria ao esvaziamento de apoio no próprio Estado.

Confira a entrevista na íntegra:

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também