sete dias sem medo da notícia
Camilo, Zezinho, Heitor, Edilberto e Juvêncio na luta contra o TCM no STF
Por : Redação CN7
25/10/17 11:02

O ministro do Supremo Tribinal Federal (STF), Edson Fachin, está com a agenda repleta de visitas cearenses em seu gabinete nesta quarta-feira (25). Ele conversa com o governador Camilo Santana (PT), o procurador-geral do Estado, Juvêncio Viana, o presidente da AL, Zezinho Albuquerque (PDT), o deputado estadual Heitor Férrer (PSB) e o presidente do TCE, Edilberto Pontes.

Interesse em comum

Os cinco serão atendidos em horários distintos, mas o assunto é o mesmo: a extinção do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) do Ceará.

Está marcada para hoje (25), no Pleno do STF, a análise de pedido de liminar em uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) feito pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon), para que o TCM volte a atuar no Estado.

Desprestígio 

A pressão do Governo contra a volta do Tribunal é grande, e não é de hoje. Uma perda no STF, coloca em evidência a falta de prestígio dos Ferreira Gomes em Brasília. Foi o grupo político dos FGs que comprou a briga para a extinção do TCM. Heitor foi usado e, agora, também não quer seu nome seja desprestigiado nacionalmente.

Os indícios de que o STF seja favorável que o TCM volte a atuar no Ceará são grandes. Por isso a pressão de toda essa gente.

LINKS PATROCINADOS