sete dias sem medo da notícia
Atraso na segunda dose da vacina pode causar punição a gestores públicos
O anúncio foi realizado pelo ministro do STF, Ricardo Lewandoswki, nesta segunda
Por : Redação CN7
03/05/21 18:13

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandoswki, decidiu nesta segunda-feira (3) que gestores públicos que causarem atrasos na aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 podem ser punidos por improbidade administrativa.

Segundo informações do G1, o ministro autorizou que gestores públicos alterem a ordem de grupos prioritários. Porém, se a mudança ocasionar um atraso na aplicação da segunda dose, punições podem ser aplicadas.

O anúncio foi realizado por Ricardo Lewandoswki após a decisão que suspendeu a decisão que antecipou a vacinação de policiais e professores no Rio de Janeiro.

LINKS PATROCINADOS