Sete dias por semana sem medo da notícia!
Após intimidação, secretário do Crato se fasta de cargo e processa deputado
Parlamentar teria usado de cargo público para conseguir vantagens sobre valores

O secretário municipal de infraestrutura do Crato, José Muniz, afasta-se do cargo nesta terça-feira (30) após receber mensagens em tom de intimidação do deputado estadual Agenor Neto (MDB). O parlamentar teria usado de sua influência no cargo público para conseguir vantagens – propina – sobre a liberação de pagamento para obras na cidade do Crato.

Os serviços foram prestados em duas ruas no município. Uma na rua Hamilton Tertuliano, no bairro Barro Branco, e outra na rua Santa Luzia, no bairro Muriti. A esposa e o filho do deputado são proprietários da empresa Constran, na qual possui contratos com a a Prefeitura do Crato.

O secretário, então, cobrou a liberação dos valores após reclamação da população junto à secretaria.

José Muniz afasta-se de suas funções e garante mover processo contra o deputado Agenor. Atuando na prefeitura há dez anos, é a primeira vez que o engenheiro civil se depara com esse tipo constrangimento.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também