Hidrogenio verde e o combustivel do futuro

Wellington Macedo tenta resistir à prisão e será entregue à PF na Ponte da Amizade

Imagem da captura mostra o blogueiro com sangue no corpo e as roupas sujas de lama

(Foto: reprodução)

14/09/2023 20:04

Condenado pela tentativa de explodir uma bomba no Aeroporto Internacional de Brasília, o jornalista cearense, Wellington Macedo, de 47 anos, tentou resistir à prisão, que foi realizada pela Polícia Nacional do Paraguai, nesta quinta-feira (14), Cidade do Leste. Imagem da captura mostra o blogueiro com sangue no corpo e as roupas sujas de lama.

Participe do grupo do CN7 no WhatsApp

Wellington Macedo foi preso durante a Operação Lesa Pátria. Na ofensiva desta quinta, além do cearense também foram presos Max Pitangui e Rieny Munhoz. As polícias dos dois países, durante a operação, ainda tentaram prender Oswaldo Eustáquio e Salomão Vieira de Jesus, mas sem sucesso.

As capturas ocorreram em coordenação com a Polícia Nacional e o Departamento de Migração do Paraguai, por meio de colaboração internacional entre as autoridades brasileiras e paraguaias e chancelarias e ministérios da Justiça e interior.

Wellington Macedo estava foragido desde janeiro de 2023. Entretanto, ainda foragido, foi condenado a seis anos de prisão – em regime fechado – e multado no valor de R$ 9,6 mil.

Confira foto:

Além de Wellington Macedo, os outros dois condenados, George Washington de Oliveira Sousa e Alan Diego Rodrigues dos Santos, estão presos. As penas deles foram fixadas, respectivamente, em nove anos e quatro meses de prisão e cinco anos e quatro meses, ambos em regime fechado.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

LINKS PATROCINADOS