Sete dias por semana sem medo da notícia!
Vereadora Jaqueline Gouveia denuncia abatedouro clandestino em Juazeiro do Norte
A matança clandestina de animais de pequeno porte tem sido intensificada em diversos pontos da cidade
Ouça a matéria

A matança clandestina de animais de pequeno porte, como caprinos, ovinos e suíços, tem sido intensificada em diversos pontos de Juazeiro do Norte. O ato ilícito coloca em risco a saúde dos consumidores, pois boa parte dos animais utilizados é de origem e sanidade duvidosas, embora alguns responsáveis pela atividade digam o contrário.

“Praticamente todos os animais que a gente mata são sadios e comprados a pessoas honestas, nos sítios de Juazeiro e outras cidades”, diz o proprietário de um abatedouro clandestino localizado no Bairro João Cabral, que pediu para não ser identificado. O assunto foi levado à Câmara Municipal pela vereadora Jaqueline Gouveia. Ela denunciou um local, na Rua Domingos Sávio, no Bairro Timbaúbas, onde os animais são submetidos a maus-tratos.

Os animais, antes de serem mortos, são mutilados e torturados. Ou seja, têm as orelhas cortadas, os olhos furados, por puro sadismo e diversão por parte dos autores, contrariando as leis e instituições que protegem os animais. Além disso, um burro visivelmente debilitado é utilizado para carregar mil litros de água para o local na madrugada”, relata Jaqueline.

Leia a reportagem completa na edição desta semana do Jornal do Cariri:

Publicidade
Mais Lidas