Sete dias por semana sem medo da notícia!
Vereadora de Catarina é investigada pela Procap por ter emprego fantasma
Fernanda "Malévola" deve perder o mandato, devolver o dinheiro e ainda ser presa
Fernanda "Malévola" Custódio

A vereadora de Catarina Fernanda Custódio, conhecida pela população como “Malévola” por praticar ruindades no município, é investigada pela Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE). Ela é acusada de ter emprego fantasma. Caso seja condenada, deve ter de devolver o dinheiro ganho irregularmente, ser afastada do cargo e presa.

Todo o esquema, suspeita-se, tem a mão do seu ex-marido, o prefeito de fato de Catarina, Jefferson Paes de Andrade. A coisa é tão bem arranjada, que Fernanda usou a tribuna da Câmara para fazer elogio ao ex-amor, mesmo sabendo que ele está casado. Por sinal, a vereadora disse que se sente parte da família do ex-companheiro. “Malévola” afirma que é amiga da atual esposa de Jefferson, Roberta Pimenta.

Em tempo

A população da cidade achou a declaração estranha — suspeita-se que Jefferson seja bígamo, ou seja, tenha duas mulheres ao mesmo tempo.

Em tempo II

Fernanda, na tribuna, tentou se defender, mas logo que acabou de ler o discurso, pessoas que a conhecem desmentiram ponto por ponto sua fala.

Em tempo III

Ao tentar se explicar na Câmara, Fernanda saiu mais suja do que entrou.

Ouça Fernanda “Malévola sendo” desmascarada

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também