Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Enfermeira Ana Paula agride suplente na volta dos trabalhos na CMFor

Reabertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Fortaleza foi marcada por confusão

(Foto: reprodução/vídeo)

01/02/24 14:33

A reabertura dos trabalhos na Câmara Municipal de Fortaleza, nesta quinta-feira (1º), foi marcada por uma confusão generalizada. Tudo começou após a vereadora Enfermeira Ana Paula (PDT) se aproximar da tribuna para tentar impedir o discurso do prefeito José Sarto (PDT). O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor), Gardel Rolim (PDT), tentou tirar a parlamentar da tribuna para que o chefe do Executivo municipal desse prosseguimento ao discurso. Os ânimos se acirraram. A vereadora Cláudia Gomes (PSDB) tentou afastar Ana Paula, que, naquele momento, falava com Gardel Rolim de forma alterada. Durante a tentativa, Ana Paula deu um tapa no rosto da vereadora. A sessão precisou ser interrompida. Na saída do plenário, Ana Paula ainda deu um tapa no rosto suplente de vereador, Júnior Aquino, que deixou a Casa Legislativa para registrar um Boletim de Ocorrência (BO) contra a vereadora.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Após o ocorrido, a vereadora Cláudia Gomes relatou que estava tentando se aproximar do presidente da CMFor, no momento em que foi barrada, mas, após insistir na aproximação, levou um tapa. “No momento em que tentei me aproximar do presidente, me barraram, uma das manifestantes, e uma das vereadoras começou a gritar comigo, a perguntar o que eu estava fazendo lá. Eu disse: ‘Quero conversar com o meu presidente’, porque ele estava numa situação difícil, acuado, pode-se dizer assim. E eu fui conversar com ele para tirá-lo de lá. E nesse momento eu fui empurrada, inclusive no meu rosto, na hora que foi empurrar, a mão bateu no meu rosto, ficou doendo bastante. Na hora, eu disse: ‘O que está acontecendo, vereadora?’. Ela começou a gritar descontroladamente e uma outra vereadora tirou ela de cima de mim, porque senão eu não sei o que teria acontecido”, disse.

Assista ao vídeo:

Em coletiva de imprensa, a vereadora Enfermeira Ana Paula se defendeu das acusações de agressão contra Cláudia Gomes e Júnior Aquino. De acordo com a parlamentar, Cláudia Gomes teria a empurrado primeiro e ela teria revidado. Em relação a agressão contra Júnior Aquino, a vereadora afirmou que o suplente de vereador teria filmado a calcinha dela, no momento em que ela teria caído na saída do plenário. “Na hora que eu tropecei aqui, que os seguranças estavam esmurrando a minha barriga, eu tropecei, cai e estou de saia hoje, como vocês podem ver. E o cara estava filmando a minha calcinha aqui, eu não posso ser conivente com isso aí. (…) Ele estava me filmando e a minha calcinha parecendo, eu não vou permitir, eu não vou permitir isto”, disse.

Assista ao vídeo:

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

LINKS PATROCINADOS