Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Vereador de Choró é preso suspeito de homicídio no município de Quixadá

Além do parlamentar, outros três suspeitos foram presos na ação

Vereador Neto Carneiro foi preso suspeito de envolvimento na morte de um homem, em Quixadá. (Foto: reprodução/redes sociais)

29/01/24 17:36

O vereador de Choró, Manoel Carneiro de Figueiredo Neto, conhecido como Neto Carneiro (PL), foi preso em flagrante pela Polícia Militar do Ceará (PMCE), nesta segunda-feira (29), suspeito de envolvimento na morte de um homem de 36 anos, em um posto de combustíveis no município de Quixadá. Além do parlamentar, outros três suspeitos identificados como Carlos Henrique da Silva Flor, de 30 anos, com antecedentes criminais por roubo a pessoa e tráfico de drogas; Francisco Felipe de Lima Nascimento, de 21 anos, com passagens por porte ilegal de arma de fogo; e um adolescente de 17 anos foram capturados.

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Os quatro suspeitos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Quixadá, onde, com o apoio de imagens de videomonitoramento, a equipe policial chegou à conclusão de que o carro usado no homicídio era o mesmo do grupo que foi preso. Dentro do automóvel, foram apreendidas duas pistolas e 23 munições.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

Os três adultos foram autuados em flagrante por homicídio doloso. O adolescente foi autuado por ato infracional análogo ao mesmo crime. Agora, o grupo está à disposição da Justiça.

Leia nota da SSPDS:

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informa que a Polícia Militar do Ceará (PMCE) capturou em flagrante, na manhã desta segunda-feira (29), quatro suspeitos de homicídio no município de Quixadá – Área Integrada de Segurança 20 (AIS 20) do Estado. Um homem de 36 anos foi atingido por disparos de arma de fogo em um estabelecimento comercial, no bairro Cohab, e morreu no local. Durante diligências, a equipe policial abordou um veículo com os quatro indivíduos. Dentro do automóvel, foram apreendidas duas pistolas e 23 munições.

Os suspeitos, de 39, 30, 21 e 17 anos, foram conduzidos para a Delegacia Regional de Quixadá, onde, com o apoio de imagens de videomonitoramento, a equipe policial chegou à conclusão de que o carro usado no homicídio era o mesmo do grupo apreendido.

Diante disso, os três adultos foram autuados em flagrante por homicídio doloso. Os suspeitos foram identificados como Manoel Carneiro de Figueiredo Neto, de 39 anos; Carlos Henrique da Silva Flor, de 30 anos, com antecedentes criminais por roubo a pessoa e tráfico de drogas; e Francisco Felipe de Lima Nascimento, de 21 anos, com passagens por porte ilegal de arma de fogo. Já o adolescente foi autuado por ato infracional análogo ao mesmo crime. Agora, o grupo está à disposição da Justiça.

LINKS PATROCINADOS