Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Velório do cartunista Ziraldo será na manhã deste domingo

Sepultamento está marcado para 16h30, no Cemitério João Batista, no RJ

Ziraldo

07/04/24 9:11

O cartunista Ziraldo será velado na manhã deste domingo (7), às 10h, no Museu de Arte Modena do Rio de Janeiro (MAM). Ele faleceu no sábado (6). Já o sepultamento ocorrerá à tarde, no Cemitério João Batista. A informação foi dada pela família, em nota oficial. O artista de 91 anos morreu de causas naturais em sua casa.

“Ziraldo faleceu hoje, dia 06 de abril, por volta das 14:30, em sua residência, na Lagoa, Rio de Janeiro, aos 91 anos de idade, de causas naturais. O sepultamento será no Cemitério São João Batista, entrada pelo Portão Principal, às 16h30”, informou a família. O MAM fica na Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo.

A morte do escritor, chargista e jornalista provocou uma onda de homenagens nas redes sociais. As manifestações vieram desde o desenhista Maurício de Sousa até o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Obra

Aclamado pelo trabalho literário infantil, Ziraldo recebeu diferentes premiações, como o “Nobel” Internacional de Humor no 32º Salão Internacional de Caricaturas de Bruxelas e também o prêmio Merghantealler, da imprensa livre da América Latina, ambos em 1969. Levou ainda o Prêmio Jabuti de Literatura, em 1980, com O Menino Maluquinho, e novamente em 2012, com Os Meninos do Espaço.

Na década de 1960, publicou a primeira revista em quadrinhos de sucesso, a Turma do Pererê, que seria cancelada pouco tempo depois do golpe militar de 1964. Voltaria ainda em edições pela Abril e Editora Primor nas décadas seguintes.

Sua mais conhecida criação, o Menino Maluquinho, nasceu nos anos 1980 e foi inspirado no filho do escritor. O personagem deu origem ao livro infantil campeão de vendas e ao filme de grande sucesso nos cinemas do país.

LINKS PATROCINADOS