X
Sete dias por semana sem medo da notícia!
Uruburetama na mira da ONU: aventuras sexuais do prefeito e da secretária de Cultura
Dr. Hilson e Fernanda Braga gostam dos jogos do amor -- legais e ilegais
Dr. Hilson e Fernanda Braga

O prefeito de Uruburetama, Hilson Paiva, é acusado de estupro, pedofilia e de usar os postos de saúde do Município para fazer sexo com as pacientes. A primeira-dama Graça Paiva foi condenada em segunda instância, deveria estar na cadeia, mas ninguém sabe porque está solta. Todo isso fez com que a Organização das Nações Unidas (ONU) voltasse a atenção para Uruburetama.

Com se sabe, a instituição internacional preza pela tolerância e paz em todos os lugares no mundo, o que não está acontecendo no Município gerido pelo casal Hilson e Paiva. Os dois são conhecidos pela população como “o médico e o monstro”.

Em tempo

As baixarias do prefeito e da primeira-dama também contaminaram o secretariado de Uruburetama. Fernanda Braga, que comanda a pasta de Cultura, foi demitida do fórum sob suspeita de surrupiar resmas de papel. Ela foi empregada na Secretaria porque tinha a confiança dos Paiva — Fernanda é responsável por levar a filha de Graça para o motel (enquanto uma não sabe dirigir, a outra sabe babar).

Em tempo II

A secretária Fernanda Braga também está enrolada num escândalo moral e familiar em Uruburetama: traiu a irmã com o cunhado. Hoje, as duas são inimigas.

Em tempo III

Fernanda vota no presidenciável Ciro Gomes e diz nas redes sociais que as pesquisas de intenção de voto divulgadas pelo CN7 são mentirosas.

Veja

Em tempo IV

Fernanda acha que é mentira a queda de Ciro diante à ascensão de Fernando Haddad.

Em tempo V

Fernanda não é só danada, é cega.

Publicidade
Mais Lidas
Leia Também