Hidrogenio verde e o combustivel do futuro
eusebio junino

Último suspeito de latrocínio no Conjunto Ceará é preso pela Polícia Civil

Ivo Andrade foi vítima de assalto seguido de morte no dia 27 de dezembro de 2023

Foto: divulgação PCCE

03/01/24 8:42

O quarto suspeito de ter participado do crime de latrocínio de um trabalhador terceirizado da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) no Conjunto Ceará, em Fortaleza, foi preso, nesta terça-feira (2), no bairro Henrique Jorge, também na capital cearense. A captura ocorreu por meio de mandado de prisão preventiva contra um homem de 20 anos cumprido pela 2ª delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Siga o canal do CN7 no WhatsApp

Com a prisão, sobe para quatro o número de indivíduos capturados envolvidos na ação criminosa. O latrocínio aconteceu no dia 27 de dezembro. A vítima estava a caminho do trabalho quando os suspeitos anunciaram o assalto e deram golpes de faca. O funcionário Ivo Andrade, de 41 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Inscreva-se no canal do CN7 no Telegram

O crime comoveu os moradores da região que conheciam Ivo. Ele trabalhava como bilheteiro na Linha Oeste do Metrofor e participava de edições de Corrida de rua. Segundo testemunhas, o crime teria acontecido no mesmo dia do aniversário da mãe do funcionário terceirizado.

A companhia divulgou uma nota de pesar: “Todo apoio à família está sendo prestado nesse momento, por meio da empresa terceirizada na qual a vítima era contratada. O Metrofor informa ainda que adota todas as medidas para colaborar com o trabalho da Secretaria da Segurança Pública na identificação dos autores do crime”.

LINKS PATROCINADOS