sete dias sem medo da notícia
UFC lança aplicativo contra Aedes com mapeamento e comunicação direta com governo
Por : Redação CN7
30/03/17 17:03

O Instituto UFC Virtual, sob a coordenação do professor Henrique Pequeno, apresentou, na quarta-feira (29), o aplicativo Aedes em Foco para combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. A ferramenta é uma ideia do professor Ivo Castelo Branco – referência nacional em doenças tropicais – e conta com o engajamento da população para mapear possíveis focos do mosquito e comunicar diretamente ao poder público.

O Aedes em Foco, disponível gratuitamente para Andriod e IOS aqui, também possibilita a criação de “brigadas” – condomínios, fábricas, escolas, universidades – de combate ao mosquito, assim como fornece informações sobre como proceder ao longo do ciclo de vida do Aedes. A ferramenta, além das brigadas, disponibiliza ainda notícias, denúncia, perfil, postagem atendimento e mapa de ocorrências.

Combate ao Aedes

Castelo Branco explica que o ovo do Aedes aegypti sobrevive durante um ano, e é quase impossível exterminá-lo porque “parece um sujo, uma pintinha preta”, que ao receber água se desenvolve numa rapidez que impressiona. Em dois ou três dias já é larva; de cinco a sete dias é pupa, e em mais dois ou três dias, um inseto adulto.

É necessário manter um programa de controle contínuo, agir no ciclo a cada sete dias e não a cada dois meses, como se faz normalmente, adverte o professor.

LINKS PATROCINADOS